Em Setembro de 2006 decorreu em Portugal o colóquio Population et Travail. Dynamiques démographiques et activités, organizado pela AIDELF (Association Internationale des Démographes de Langue Française), com a colaboração da APD. O colóquio teve lugar na Universidade de Aveiro, entre os dias 18 e 23 de Setembro. O primeiro dia foi consagrado a uma Jornada de Demografia de Língua Portuguesa.
 
A AIDELF foi criada em Agosto de 1977 por uma assembleia-geral reunida no México, por altura do Congresso Mundial da União Internacional para o estudo Científico da População (IUSSP). Da AIDELF fazem parte demógrafos e especialistas de outras áreas científicas que contemplem uma orientação demográfica nos seus trabalhos, independentemente da sua nacionalidade, desde que possam também exprimir-se na língua francesa. 
 
A AIDELF considera como objecto o estudo dos problemas da população, a promoção da demografia, e das suas aplicações, a difusão dos conhecimentos em matéria de população. Nesse sentido, um dos seus objectivos passa pela organização de colóquios ou reuniões científicas e pela publicação de informações que se relacionem com os problemas da população, em cooperação com outras organizações internacionais, governamentais ou não governamentais, com objectivos similares. 
 
Actualmente, aquela associação conta com cerca de 500 membros, repartidos por perto de 50 países, dos quais cerca de um terço se localiza fora da Europa. A adesão a este colóquio espelha já essa realidade, sendo que, as mais de 200 propostas de comunicação que chegaram à Comissão Organizadora do mesmo têm, como autores, investigadores de diferentes países europeus (Portugal incluído, com cerca de 6% de propostas), do Continente Africano (Magreb e África Negra) e de diferentes países do Continente Americano.